Retalhos de Guerra

2165231459_4aa4ec8f0d.jpg

Então, entre libações e batalhas,
amanheceu. Assim, com o olhar fixo
à morada de tantos numes anseio:
Faustos deuses hão de me fazer vencer
a guerra que meus olhos travam em ti.

Por enquanto, apenas tuas lancetadas
atingem em mim o seu alvo certeiro.
Nem bigas, nem gládios, ou o argênteo arco
do grã-frecheiro me valem agora.

Assim deixo-me ficar, a carpir-me
pesarosa ante a espumante beira,
rogando à Dial Ciprina que me
apazigue o peito e outorgue a glória
de seguir contigo e ser-te o prêmio,
té que eu envelheça em teu pálacio,
a urdir-te teias e a compor teu leito.

Anúncios

Diz Aí:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s